Godzilla:Rei dos Monstros

 

gojira-em_tokyo-2

Hoje estou postando um desenho que fiz do Godzilla, o mais famoso dos dinossauros ficcionais.   O nome original do monstrão é “Gojira”, uma combinação das palavras Gorilla (“gorila” em inglês) e Kujira (“baleia” em japonês), talvez para remeter à combinação entre a força de um King Kong e o tamanho descomunal de uma baleia.

Godzilla simboliza o medo da energia atômica e foi lançado em 1954 , quando os Estados Unidos realizavam testes atômicos no Oceano Pacífico e  a memória das bombas atômicas lançadas sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki em agosto de 1945 ainda era recente. Mas também foi claramente inspirado em um filme norte-americano lançado um ano antes: O Monstro de Vinte Mil Léguas (também conhecido como O Monstro do Mar), vagamente baseado em um conto de Ray Bradbury, o grande escritor de ficção científica e fantasia. Enquanto o monstro do filme norte-americano de 1953 foi criado utilizando-se animação em stop motion (um processo bastante trabalhoso, mas era o que se tinha de melhor nessa época bem anterior aos programas de computação gráfica que dispomos hoje), o monstro do filme japonês era um ator vestido com uma fantasia de borracha.

O visual do Godzilla combina elementos que lembram um dinossauro bípede e carnívoro como o tiranossauro ou o alossauro, mas com placas nas costas parecidas com a do estegossauro, um dinossauro quadrúpede e herbívoro. As proporções dos braços e o número de dedos são os mesmos de um ser humano. Portanto, bem diferente do tiranossauro com seus braços curtos e dotados de dois dedos cada um.As proporções do Godzilla são absurdas, pois uma criatura com sua altura e forma seria esmagada pelo peso das próprias pernas. Por isso, ao desenhar o Godzilla esbocei o que seria mais ou menos a forma de um homem vestindo uma fantasia, com a cabeça do homem mais ou menos na altura do pescoço do Godzilla.

gojira_sketch

gojira-inkDepois inseri a figura do Godzilla em uma foto com uma cena noturna de Tokyo em meados da década de 1950. Fiz alguns retoques para que a foto ficasse parecida com uma xerox ou uma imagem pouco definida. A intenção era que ficasse algo parecido com os “defeitos especiais” dos filmes de monstros japoneses. Adicionei alguns filtros do Gimp e utilizei a fonte Full Bleed, gratuita no site Blambot, para inserir o texto. Para quem era adolescente ou jovem na década de 1980, vai ser fácil se lembrar da música que o Godzilla aparece cantando: Big Japan da banda alemã Alphaville.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s