Para o alto e avante!

Uma das coisas boas de se fazer um blog é que acabamos conhecendo os trabalhos de outros blogueiros e temos a oportunidade de fazer amizade com pessoas que dificilmente teríamos a oportunidade de conhecer de outra forma.

Uma dessas pessoas é o Ricardo josé dos Santos, Doutor em Economia na Universidade Federal de Uberlândia, autor de um blog muito interessante sobre o Super-Homem. Nesse blog, o Ricardo compartilha fotos e informações sobre itens ligados aos Super-Homem (quadrinhos e produtos licenciados diversos) que fazem parte da coleção particular dele.

Segundo o Ricardo, ele herdou essa paixão pelos quadrinhos do pai, Randolfo, e já está preparando o seu filho Pedro para seguir o caminho. Sei exatamente como ele se sente, pois algo semelhante ocorre comigo e o meu filho, Lucas.

Ao comentar sobre os quadrinhos do Super-Homem na fase escrita e desenhada por John Byrne, responsável pela reformulação do kryptoniano na década de 1980, o Ricardo lembrou de dar o devido crédito também aos arte-finalistas: Dick Giordano e Karl Kesel. Isso me chamou a atenção, pois a maioria dos blogueiros e mesmo dos jornalistas profissionais esquece de mencionar isso. Afinal, um dos fatores que ajuda a explicar a popularidade que o John Byrne teve nas décadas de 1970 e de 1980 foi justamente o fato de que seus desenhos a lápis foram valorizados pelo acabamento dado por arte-finalistas competentes, dentre os quais, Terry Austin,no período em que Byrne desenhou os X-Men.

Em uma resposta por e-mail que ele me mandou, o Ricardo comentou o seguinte sobre as HQs do Super-Homem:

“Por uma questão de memória afetiva, vejo a fase do Byrne como uma coisa incomparável. Mas, também gosto muito das passagens de José Luis Garcia-Lopez , Gil Kane e Jerry Ordway pela arte das revistas do personagem.

A primeira HQ do Superman que comprei foi a nº31 (1ª Série/Ed. Abril) com arte do Gil Kane e argumento do Marv Wolfman. Na capa: Brainiac, mas já com o visual ‘robótico’.

No ano passado, com uma taxa de câmbio mais favorável, comprei os encadernados Adventures of Superman: Gil Kane e Adventures of Superman: José Luis Garcia-Lopez. O material selecionado é muito bom. Vale a pena conferir.”

Também não me esqueço da primeira HQ do Super-Homem que li, foi no gibi de estreia do Homem de Aço na Editora Abril (até então as aventuras do herói eram publicadas no Brasil pela EBAL). Era uma história escrita pelo Cary Bates e desenhada pelo Gil Kane, que sempre foi um dos meus desenhistas favoritos por causa da expressividade e beleza do traço. Nessa história, o Super-Homem enfrenta o Brainiac (ainda com o visual humanóide) e ainda flerta com uma bela alienígena de pele rosada.

Link para o blog do Ricardo:

http://colecaosuperman.blogspot.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s