Uma edição especial da MAD que não saiu: roteiros parodiando o Homem de Ferro e o Thor

Em fins de 2002, eu e outros aspirantes a quadrinistas fomos convocados pelo Flávio Soares, editor de arte da Mythos, para produzir uma edição especial da MAD. Entrei nessa porque sou amigo do Fred Tavares, que tinha sido colega do Flávio na escola de quadrinhos do Waldir Igayara. O Fred eu já conhecia dos tempos do Conclave de Quadrinhos, um grupo de fãs de quadrinhos que se reuniam aos domingos de manhã no Centro Cultural Vergueiro em meados e fins dos anos 1980.

A MAD já havia sido publicada no Brasil pela Vecchi e pela Record, duas editoras cariocas, e, pela primeira vez, seria publicada por uma editora paulista, a Mythos. O responsável pela produção da MAD continuou sendo o Otacílio D’Assunção Barros, o Ota. As edições especiais com reedições do material americano eram produzidas pela própria equipe interna da Mythos. Só que as edições regulares da MAD, produzidas pelo Ota, estavam com constantes atrasos na produção. Então a revista chegava com uma capa parodiando uma novela da Globosta depois que o último capítulo da novela já tinha ido ao ar ou a edição que anunciava a paródia de um filme sucesso de bilheteria só chegava na banca meses depois que o filme já havia deixado de ser exibido nos cinemas.

Então, o Flávio pensou em montar uma edição especial da MAD com material nacional inédito, que seria produzido pela gente. Acabei me tornando o principal roteirista nesse projeto e até cheguei a desenhar também algumas páginas que foram finalizadas com nanquim pelo Fred. Todos estavam entusiasmados, mas aí veio um balde de água fria: a Mythos havia reduzido drasticamente o orçamento para a edição especial e o Flávio preferiu cancelar o projeto, pois, segundo ele, não seria possível remunerar adequadamente os colaboradores.

Desse material que acabou se perdendo por aí, só sobraram estas duas páginas que parodiam o Homem de Ferro e o Thor da Marvel . Vale notar que elas foram feitas anos antes desses dois heróis dos quadrinhos serem adaptados para as telas do cinema. Eu fiz os roteiros em forma de storyboard, ou seja, rabisquei os esboços. Os desenhos, letras e colorização foram feitos pelo meu amigo Paulo Gomes, um experiente designer gráfico, ilustrador e colorista. Quem quiser ver mais trabalhos do Paulo, pode acessar o portfólio dele. Quanto ao Flávio, hoje,ele é também o premiado autor da série A vida com LoganQuanto ao Fred, ele estudou para dois concursos públicos bem concorridos, foi aprovado em ambos e hoje tem um emprego estável. Ele continua gostando de quadrinhos e escreveu uma série de resenhas bem legais.

IRON MAN_final

THOR_final

Anúncios

2 comentários sobre “Uma edição especial da MAD que não saiu: roteiros parodiando o Homem de Ferro e o Thor

    • Oi,Ivan!Obrigado por postar comentário! Na época, lamentei,mas hoje não lamento mais. Existem projetos que por uma razão ou outra nascem fadados ao fracasso. Por outro lado, também acontece o contrário: projetos onde tudo dá certo desde o início. Futuramente, postarei sobre um outro projeto, que ao contrario do da edição especial da MAD,onde tudo deu certo desde o começo

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s